Dicas para hábitos saudáveis

geriatria-abril-19

O especialista em Geriatria e Clínica Geral, Dr. Paulo Camiz, afirma que um conjunto de fatores é essencial para garantir um envelhecimento saudável.
•Dormir bem – Descansar é essencial para manter o corpo pronto para as atividades do dia seguinte. Além disso, dormir pouco pode afetar a imunidade e acarretar em doenças oportunistas. O ideal é que, por noite, um adulto tenha de 6 a 8 horas de sono.
•Evitar industrializados – O simples é sempre o melhor caminho. A chamada “Dieta da Feira”, em que a base da alimentação é feita de verduras, legumes e frutas são a melhor saída para comer mais saudável.
•Refeições balanceadas – Em cada refeição realizada é preciso se ter um equilíbrio dos alimentos que estão no prato, além de ter a quantidade essencial e adequada para cada pessoa.
•Reserve um tempo para seu lazer – Ninguém pode viver apenas de obrigações. Reservar um tempo da sua rotina para diversão ao lado de quem você ama ajuda, além de proporcionar boas memórias afetivas, ajuda a reduzir o estresse, grande causador de vários problemas de saúde.
•Exposição ao sol – Quando realizada antes das 10h ou após as 16h, horários em que o sol está mais brando, se expor ao sol ajuda na absorção de vitamina D pelo organismo. Este aumento é importante, já que a falta dela no corpo pode prejudicar a saúde, como gerar um aumento da possibilidade de fraturas e sintomas depressivos.
•Ingestão de água – O consumo de água é essencial para o funcionamento adequado de diversas partes do corpo. A ingestão adequada de água tem inúmeras vantagens, dentre elas uma melhor absorção de vitaminas, aumento da resistência física e facilitar a digestão.

Dr. Paulo Camiz – Geriatra e Clínico Geral – CRM 116103/SP E-mail: contato@ogeriatra.com.br
Médico clínico geral e geriatra com formação e especialização pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Geriatra pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, professor colaborador de Clínica Geral no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em São Paulo, membro da American College of Physicians (Sociedade Americana de Clínica Médica), titulado Fellow, pelo reconhecimento à prática de excelência da medicina, nos EUA, e também da American Geriatrics Society (Sociedade Americana de Geriatria).