Aposentados devem tomar cuidados ao pedir empréstimos bancários

previdencia-sociall-julho-2018

O INSS orienta os aposentados e pensionistas que forem pedir empréstimo consignado a tomar alguns cuidados. Esse empréstimo é realizado por bancos e financeiras que fizeram acordo com o INSS, para que as parcelas do empréstimo do aposentado sejam descontadas, no benefício.
Algumas regras do empréstimo consignado são: estão proibidas as operações casadas, ou seja, o aposentado, ou pensionista não é obrigado a aceitar outro tipo de serviço do banco para ter o empréstimo; o segurado não precisa abrir conta corrente no banco onde está pedindo o empréstimo, porque o valor da prestação será descontado do benefício e repassado à instituição que deu o crédito; o aposentado não é obrigado a pedir o empréstimo no banco que paga seu benefício, podendo escolher uma instituição com melhores taxas de juros; e nenhum banco está autorizado a conceder empréstimo por telefone.
Para evitar fraudes, ou empréstimos indevidos em seu nome, o aposentado não deve entregar o cartão, ou a senha do banco a terceiros, nem mesmo para parentes e amigos. Os beneficiários do INSS também não devem repassar dados pessoais, caso alguém os solicite em sua residência, ou por telefone, com a promessa de acelerar a liberação do empréstimo. O INSS nunca entra em contato com o beneficiário, por telefone, para solicitar informações pessoais nem passa essas informações às instituições financeiras.
O beneficiário que a qualquer momento se sentir prejudicado por operações irregulares, ou que identificar descumprimento do contrato por parte da instituição financeira, ou de normas preestabelecidas deverá registrar sua reclamação na Ouvidoria-Geral, pelo site inss.gov.br ou pelo telefone 135, da Central de Informações da Previdência.

CEPA
ACS – Assessoria de Imprensa – INSSSP – imprensasp@inss.gov.br