O preenchimento deverá ser feito pelo síndico ou seu preposto.

Campos com (*) são de preenchimento obrigatórios.

Em 1994, não existia um veículo de comunicação desenvolvido especialmente para os moradores de condomínios, na capital Paulista e Região Metropolitana de São Paulo. Naquele ano, surgiu o primeiro Jornal Interno elaborado para alguns condomínios de São Paulo. A fórmula foi tão bem aceita pelos moradores que fez a ideia crescer. Então, em 2000, surgiu com força total a marca Em Condomínios, hoje presente em diversos bairros de São Paulo, sendo atualmente referência em mídia regional gratuita.

DIFERENCIAIS - Segundo Eric Chan, diretor da Em Condomínios Comunicações, responsável pelas revistas, a marca tem como missão aliar a força da publicação impressa e digital. Além da gratuidade, estimula o leitor a criar o hábito da leitura mensal alinhada às ações dos comerciantes com forte sinergia entre todos os títulos da revista com expressiva tiragem mensal comprovada. O ponto forte da revista Em Condomínios é levar e disponibilizar um veículo de qualidade com informações no domicílio do leitor, estimulando-o a ver a publicidade através de uma revista onde ele passe a aguardá-la mensalmente a revista e onde se identifique, criando um elo de credibilidade, com a revista, o condomínio e o bairro onde reside inclusive com acesso também digital. O público-alvo da revista é em relação a leitores que residem ou trabalhem em condomínios.

FACILIDADE PARA O ANUNCIANTE - Para o anunciante, a cada mês, é possível alterar o anúncio e/ou fazer rodízio entre os nossos, para que tenha uma maior visibilidade na região de interesse. Todos os índices das revistas possuem links patrocinados e fazem com que o internauta ao consultar o buscador utilize o índice de um anúncio como palavra chave, tenha acesso direto ao nosso site, multiplicando a visualização de seu anúncio e aumentando as chances de vendas de um determinado produto ou serviço. Os anunciantes da Revista Em Condomínios tem também uma ferramenta valiosa que é o link gratuito entre o site da Revista e o site do anunciante potencializando os resultados do seu anúncio.

DISTRIBUIÇÃO - A equipe de logística é uniformizada e possui veículos próprios com identificação. Todos os meses, as publicações da marca são entregues e acompanham relatórios de recebimento em todos os condomínios em que estão autorizados a circular. Por dois anos consecutivos, a Em Condomínios esteve presente na solenidade de Premiação dos Destaques Empresariais da Zona Sul nos anos de 2012 e 2013 organizada pela Associação Comercial de São Paulo. Os prêmios conquistados pelas revistas Em Condomínios visam destacar empresas que contribuíram de forma decisiva para o desenvolvimento na região Sul de São Paulo.

EXPECTATIVA DE NEGÓCIOS - Mesmo com o crescimento das mídias digitais, as Revistas Em Condomínios, têm boas perspectivas de crescimento. Pelo fato das revistas serem gratuitas e distribuídas diretamente nos condomínios para leitores, existem expectativas positivas para iniciar a atuação da revista em diversas cidades onde existam condomínios e comércio/serviços carentes de divulgação regional. Até o final de 2016, a Em Condomínios pretende conquistar novos parceiros e aumentar em 50% a sua atuação, para implantação e distribuição da Revista Em Condomínios. As revistas têm a proposta de levar uma leitura de qualidade com publicidade regional, sendo principalmente, uma tendência para divulgar lojas de franquias e prestadores de serviços que necessitam também de publicidade local.

LEVE A MARCA PARA A SUA CIDADE - Para as pessoas que têm interesse para colocar a marca no mercado, a equipe Em Condomínios oferece apoio em relação ao levantamento dos condomínios, busca da anuência do síndico e viabiliza a distribuição da publicação. Além disso, realiza o levantamento dos dados de comerciantes e prestadores de serviços localizados dentro da área onde o cessionário (profissional responsável pela revista em uma determinada cidade), e suporte operacional referente às áreas administrativa, operacional, comercial e logística e software desenvolvido sob medida para gerenciar as publicações virtualmente.
Eric Chan informa que para adquirir a marca, as pessoas interessadas precisam ter vontade para gerenciar o próprio negócio e, preferencialmente, ter experiência nas áreas de propaganda, comunicação, ou que estejam em busca de uma franquia ou microfranquia. “Após a aquisição da marca, a pessoa (cessionário) precisa ter foco principalmente na área comercial e que atue dentro dos parâmetros estipulados no Contrato de Cessão de Marcas, considerada ainda mais “flexível” em relação aos formatos de uma franquia. A parte financeira, administrativa e de logística também é de responsabilidade do cessionário”, informa Chan.